A grande discípula Annie Besant

Annie Wood Besant (1847-1933)

Encerrando a série de textos sobre ocultismo no Acervo do General Uchôa, agora falamos sobre Annie Wood Besant (1847-1933), inglesa que sucedeu Helena Blavatsky à frente da Sociedade Teosófica. Foi ela também a responsável pela volta de Charles Leadbeater como membro da Sociedade, após um tempo afastado, e juntos escreveram algumas obras.

Uma breve biografia de Annie Besant fornecida pelo site da Sociedade Teosófica do Brasil mostra que ela, assim como Blavatsky, foi uma mulher muito a frente de seu tempo. Casou-se com o reverendo Frank Besant, da igreja anglicana, mas se separou após seis anos por divergências doutrinárias. Por um período, foi militante do ateísmo na livre pensadora Sociedade Secular Nacional; era feminista e foi a primeira inglesa a defender o uso de anticoncepcionais, chegando a ser presa por vender folhetos sobre controle de natalidade. Em 1889 entrou para a Sociedade Teosófica, vindo a assumir a presidência da mesma após o desencarne de Blavatsky. Viveu até os 85 anos, na Índia, onde em 1917 recebeu o título honorário de Presidente do Congresso Nacional Indiano, por lutar pela independência do país.

Da obra “Autobiografia de Annie Besant”, disponível em lojas virtuais, destacamos esse trecho que reflete um pouco de sua personalidade e vida:

No prefácio do livro do General Uchôa “Cristo para a Humanidade”, seu filho, Paulo Uchôa, comenta autores estudados pelo pai, entre eles, Besant, como podemos ver:

“Como os leitores haverão de concluir, Alfredo Moacyr M Uchôa era um profundo conhecedor do Velho e do Novo Testamento, bem como da obra de autores famosos na área da teosofia, dentre eles Helena Blavatski, Annie Besant, Alice Baley e C.W. Leadbeater. Ao longo da leitura, será fácil identificar outros autores renomados e consultados, em todas as áreas de interesse do tema do livro, que meu pai menciona com precisão e adequação, para desenvolver e atingir o fim a que se propôs, ou seja, O Cristo Para a Humanidade de Hoje. Outro destaque, digno de menção, é o trabalho de Hilarion de Monte Nebo FE, com seus livros, dentre os quais Harpas Eternas, Cumbres y Lhanuras e Origens da Civilização Adâmica – A Vida de Abel.”


E na sua autobiografia “Uma busca da verdade” o próprio General comenta sua predileção pelos estudos Teosóficos, considerando Besant uma das “grandes discipulas” de Blavatsky:

“Pertencendo à Loja Perseverança da Sociedade Teosófica Internacional, cuja sede se encontra em Adyar, índia, jamais pensara em ingressar em qualquer outra organização, buscando ao Espiritual. Na verdade, desde os idos acadêmicos, aos meus 20 anos (aproximadamente por volta de 1926), ingressara em tal movimento internacional iniciado por Helena Blavatsky e orientado pelos seus Grandes Discípulos: Dra Annie Besant, o Bispo Anglicano William Leadbeater e o Senhor Jinarajadasa. O ensino recebido penetrava-me facilmente o espírito e me enchia a alma de alegrias internas sem limites, alimentando-me em vivas esperanças de que, afinal, havia encontrado a VERDADEIRA MENSAGEM de que precisava. Ali, encontrava a Ciência sem preconceitos, a Filosofia ampla e a Religião sem dogmas intrinsecamente unidas numa profunda comunhão de aspirações e ensinos seguramente harmonizados, visando à verdadeira essência da Crística Palavra do Evangelho do Divino Mestre, Jesus, O CRISTO!”

Neste documento do Acervo, Besant é citada junto com Leadbeater:

Besant deixou muitos livros e aqui destacamos alguns: O Cristianismo Esotérico; A Doutrina do Coração; Um Estudos sobre a Consciência e A Sabedoria Antiga

 

Acesse aqui a íntegra do Projeto Acervo do General Uchôa, um compromisso assumido pelo Círculo com a família Uchôa, que confiou aos cuidados da escola documentos pessoais do General. O acervo conta com entrevistas para imprensa, recortes de jornal, psicografias, áudios, desenhos etc…num trabalho vivo que está sendo desenvolvido e disponibilizado pelo Círculo.


Seguimos a cada semana revelando um pouco do que vamos descobrindo no Acervo. Leia também:

Artigos relacionados

Respostas