fbpx

Treinar é a base do bom jogo(Reunião 65)

Participantes: Alicia, Fernanda, Iasmine, Juliano e Priscila
Data:
14 de maio de 2019

COMUNICAÇÕES

Conversado antes da reunião sobre elaborar uma playlist onde contenha músicas que todos gostam (músicas mais animadas).

Reunião com o módulo da Natália (Psicologia Junguiana) já em andamento.

Otto, Francisco e Deni cumprimentam.


Otto, Francisco e Deni: muito boa a ideia de criar a playlist em grupo, mais e mais precisaremos misturar harmonicamente as energias de todos. A música é uma chave que destrava o sentir, o sentir envolve a mente, e a mente é a base da mediunidade. Além disso, emanações mentais autênticas e harmônicas produzirão frutos melhores. Façam a experiência.

Juliano: Teria que ser músicas só tocadas ou poderiam ser cantadas?

Deni: Façam o teste, mas experimentem a evolução aos poucos. Sugiro começarem e terminarem a playlist com músicas cantadas, reservando o meio ou a maior parte para músicas instrumentais, para que a comunicação não seja atrapalhada. É importante, caros amigos, que nunca percamos o sentimento experimental e esportivo, no sentido de que o esporte, mais se treina do que se joga. Treinar sempre é a base do bom jogo. A reunião de vocês está agora a desbravar uma nova fase, sigamos atentos, pois isso reflete na forma como o Círculo acontece. Suas consequências serão sentidas por todos os membros.

Juliano: Sobre a forma da reorganização do calendário de conteúdo, a questão do freemium, será positivo? Tem alguma orientação?

Olívia: Meus queridinhos, não temos palavras para elogiar o esforço, e estamos felizes e animados com as mudanças, vocês entendem melhor disso do que nós. Mas se eu puder palpitar, diria que quanto maior a vitrine, maior o fluxo. Quanto maior o fluxo, maior a adesão. E que a nossa vitrine seja um show à parte.

Alícia: Por qual assunto começar? A princípio será o Data Limite, mas e depois?

Olívia: Continuo com o mesmo sentimento, os mistérios atraem a atenção das pessoas, pois ancoram a subjetividade, mas no nosso tempo também é preciso investir algum tempo respondendo perguntas ou ao menos propondo reflexões sobre temas que provocam as pessoas. A demonstração da lógica universalista, do senso filosófico e da espiritualização são marcas fortes do movimento, e essas posturas horizontais removerão o medo institucional das pessoas.

Iasmine: Podemos sempre jogar no fim algo para convidar a pessoa para reflexão, tipo “e qual o seu papel nisso?” e no final escrever tipo slogan: É universalista, é filosófico, é espiritual, é Círculo.

Juliano: E no início trazer sempre o panorama geral, horizontal.

Iasmine: Quais equipamentos que já possuímos na Pozati?

Joseph: Você já deve ter observado, cara amiga, que nas últimas reuniões há sempre um anel de luz, um círculo luminoso que se estabelece sobre a mesa ou no centro da roda. Ele é fruto de um complexo mecanismo que criamos para misturar e gerar um vórtex de energia criativa que potencializa os trabalhos de cura e transmutação mental, ele é adicionado em toda a reunião. Mas é potencializado pela Star Language ou mantra cósmico como às vezes o chamamos. Além disso, cada reunião conta com os dutos de energia que transportam seres desencarnados recentemente para esferas de tratamento. Em todo processo de sintonia, estruturamos um perímetro de luz que permite o efeito de funil cruzado. É como se a sala de vocês se afunilasse para nossa dimensão, e a nossa sala se afunilasse para a de vocês, e neste momento ficamos ambos no mesmo lugar, por assim dizer, entrelaçados no campo mental. Por ora, já dá o que pensar, né?

Artigos relacionados

Respostas