fbpx

Mensagem do Tarô aos alunos veteranos

Uma nova jornada na espiral da consciência para alunos do Círculo

O Círculo iniciou suas atividades em 2017 como uma plataforma de assinatura mensal e, um tempo depois, transformou-se numa escola filosófica para livres pensadores espiritualizados com diversos cursos no cardápio, de gratuitos a pagos. Quem entrou antes de 2020 era considerado membro do Círculo, mas quando houve a migração, passaram a ser alunos veteranos, pois já tinham cursado a primeira trajetória.

Este ano de 2021 propõe uma nova experiência para os antigos alunos, uma vez que inaugura os encontros mensais de mentoria do curso de Iniciação à Exoconsciência, que deu origem ao Círculo. As mentorias ao vivo têm como proposta facilitar a concepção prática dos conteúdos estudados, além de proporcionar a integração do corpo discente. 

Assim, reunimos esses queridos e desbravadores veteranos na noite do dia 23 de agosto, para acolhê-los no novo formato, apresentando a nova estrutura das aulas, os grupos de discussão e de mentoria, e a possibilidade de se conectarem aos demais alunos via plataforma do Círculo.  

Foi neste clima festivo, de reencontro, que embaralhei o meu deck e pedi uma mensagem para essa querida turma! De maneira curiosa, saíram três cartas do mesmo naipe de copas! Copas representa o elemento água (sentimento), assim como paus é fogo (ação), espadas é ar (pensamento) e ouros é terra (matéria). O Tarô, veja só, ressaltou toda a emoção formada naquele Campo!  

O que o Ás, o Nove e o Rei de Copas quiseram dizer?

Vejamos a importância do posicionamento das cartas e de seu valor numérico. O Ás representa a primeira carta numérica, o início de uma jornada. Na sequência temos o nove que é fim de ciclo daquele nível (0-9) e abertura para o próximo (10-19 e assim por diante) e o Rei que é a maior carta da corte na outra extremidade da leitura, validando com força e poder a sua trajetória. Nitidamente uma jornada com começo, meio e fim.

Qual o poder da água?

A água é fluida, nos envolve e se amolda por onde passa, adaptando-se às mais diversas situações. Mas, dependendo das condições, congela ou ferve, tal qual o comportamento humano diante de uma resposta traumática, por isso está associada às emoções e aos sentimentos. 

A água é fonte de vida, meio de purificação e de cura.  Suas propriedades permitem que seja magnetizada e utilizada como recurso de cura espiritual. É essencial à vida humana na Terra e é desejável que esteja em movimento, seguindo um fluxo, porque água estagnada causa doença, mal cheiro e afasta as pessoas. Em contrapartida, a água cristalina reflete o prisma colorido e causa sensação de paz e equilíbrio. 

E as imagens desse lindo deck?

Agora vamos captar o que as imagens das cartas nos inspiram a refletir. Na primeira, a mulher, num misto de fragilidade e força, emerge de um rio que flui das águas da cachoeira. É como se houvesse mergulhado, simbolicamente, em seu subconsciente e dali ao emergir trouxesse em seu cálice a parte de si que tem a oferecer ao mundo. É o seu elixir, o seu alimento sutil e a sua própria cura, buscando a transmutação. Pode simbolizar também a sua vitória.

Na segunda imagem, vemos a presença de um cálice no primeiro plano, afastado dos demais e emergindo de águas de cor rosa-lilás, que remetem à espiritualidade. Junto à mulher recostada temos um cálice menor em sua mão e os sete demais, quatro em pilastras e três no chão, totalizando o número nove da carta de copas. Curiosamente, sete deles contêm flores, como que enfeitando a paisagem e nos remetendo a um lindo jardinzinho. Comentei que, se queremos que o nosso planeta se transforme metaforicamente num lindo e imenso jardim, é imprescindível começarmos pelo nosso pequeno jardim, por aquilo que individualmente temos controle e que depende de nós, do nosso aporte.

 

A terceira e última imagem apresenta um rei sob um portal de pedras, mostrando que tem estrutura emocional sólida, trazendo dois cálices, um para si e outro para dividir com quem estiver pronto para aceitá-lo e brindá-lo à vida e aos conhecimentos adquiridos. Ele é forte e sereno, é majestoso e também humilde, pois sabe pisar em terreno árido. Consegue estar afastado do burburinho da cidade, pois sua mente compreende que é necessário o controle emocional para bem decidir e agir. A cor de sua veste é de um azul intenso e profundo, como sua sábia alma; seu céu tem tons de lilás refletindo espiritualidade em suas nuvens. É uma imagem que intimida ou que acalma, dependendo do contexto de quem a vê.

 


Qual a mensagem que fica?

Queridos alunos veteranos, vocês mergulharam de cabeça nos conhecimentos iniciáticos e reconheceram a importância de toda essa jornada em suas vidas. O conteúdo absorvido penetrou em camadas profundas de seu ser, produzindo novos significados e os encaminhando à construção de um mundo mais condizente com a Nova Terra. Porém, estamos numa jornada que nos coloca diante dos desafiadores degraus ascendentes da espiral do desenvolvimento humano e que vem nos convidar a percorrer um novo ciclo, através das aulas e das mentorias, só que agora, num patamar mais elevado de consciência. 

Que aceitemos o convite de nossos Mestres, honrando o caminho que também fizeram outrora e que hoje tanto nos inspira! Com certeza estaremos bem amparados e incentivados no novo percurso. Que nosso ideal permaneça o do Bem e o do Amor, em busca de nosso aperfeiçoamento como seres humanos e divinos que tanto anseiam a volta segura para casa. 

por Mônica Bueno

Artigos relacionados

Respostas

  1. Esse encontro foi realmente mágico e mostrou que a gente pode até sair do Círculo algum dia, mas o Círculo nunca ai sair da gente! Tudo que vimos ao logos desses anos, agora numa nova proposta, um revisitar das aulas, com um novo olhar, nessa volta da espiral, vai nos mostrando que o caminho tá certo porque é verdadeiro, tem emoção e tem a #turmadofundão sempre junta, sempre dando apoio um ao outro e agora, numa nova fase, de recepção dos novos alunos, como nós mesmo já fomos e nos sentimos tão acolhidos. As cartas não poderiam ter sido mais verdadeiras mostrando toda emoção que é fazer parte disso tudo.