fbpx

O General das Estrelas na mídia

Na era pré-internet as informações publicadas pela mídia, em especial nos jornais impressos, tinham ainda mais valor, já que os espaços eram restritos; constituíam importante fonte de pesquisa e geravam credibilidade para quem neles “virava notícia”. O Acervo do General Uchôa conta com grande volume de matérias jornalísticas, tanto textos que citam a trajetória do General, suas pesquisas e palestras sobre ufologia e parapsicologia, quanto recortes de temas de interesse dele como educação, espiritismo, ufologia, física, astrofísica, antropologia, arqueologia e ciências no geral. 

Em suas muitas entrevistas para a imprensa, lhe deram o carinhoso apelido de “O General das Estrelas”, pois ele era a fonte dos jornalistas quando precisavam de informações sobre acontecimentos sem explicação nos céus. Até o momento do trabalho no Acervo já foram catalogados e higienizados 50 recortes de jornais, que datam entre os anos de 1933 a 1980, e estão sendo digitalizados para a disponibilização pública.

Texto sobre a existência dos discos voadores, fenômenos e as crenças do General Uchôa, com uma foto sua em destaque. Correio Braziliense, 1970.
O General das Estrelas foi o carinhoso apelido dado pela imprensa, conforme referido por seu filho, Paulo Uchôa, no prefácio do livro Mergulho no Hiperespaço.

Juliana Rissardi, Historiadora responsável pelo Acervo, conta que alguns jornais já possuem buracos de traça e estão bem frágeis, nem todos têm as referências de data ou nome do jornal, mas a maioria está organizada e colada em folhas de papel sulfite, trabalho que, sabe-se, era feito pelo próprio General e sua esposa, Dona Enita, demonstrando um cuidado especial com esses documentos. Encontra-se, inclusive, uma coleção de matérias sobre casos de discos voadores falsos e desmistificados.

“Os recortes de jornais dentro de um arquivo possuem rica quantidade de informação e testemunho de fatos de interesse ocorridos e registrados em épocas em que a sociedade não tinha acesso tão facilmente à informação, sendo fontes extremamente relevantes para a pesquisa”, afirma Juliana.

Referência para temas ufológicos

Apesar de todos os desafios de um homem das ciências e por sua posição no exército, o General Uchôa construiu credibilidade nos assuntos relacionados à ufologia e parapsicologia. Tanto que era convidado a ministrar palestras em universidades e procurado pela imprensa para comentar ou explicar fenômenos. Nestes recortes, destacam-se algumas de suas palestras divulgadas pela imprensa de São Paulo, Goiás e Paraná. 

Abaixo matéria do jornal Última Hora, São Paulo (SP), de 1972, sobre a relação entre os discos voadores e a parapsicologia, com menção ao livro “A Parapsicologia e os Discos Voadores”, do General, e o 5º colóquio Brasileiro sobre Objetos Aéreos não identificados.

Sempre atento à ciência e tecnologia 

Tudo que se relacionada à ciência e tecnologia também era objeto de estudo do General, até mesmo temas complexos e pouco falados ainda como astrofísica e física quântica.

Nesta matéria do Jornal O Globo (RJ), de 1972, fala-se sobre o novo satélite da NASA e as investigações sobre as origens dos raios cósmicos.

Esta outra, do Correio Braziliense, também de 1972, o jornal aborda os segredos de Marte e a possibilidade de recolhimento de material no planeta, lançamento de satélites e fotografias.

O Projeto Acervo do General Uchôa é um compromisso assumido pelo Círculo com a família Uchôa que confiou aos cuidados da escola documentos pessoais do General. O acervo ainda conta com entrevistas para imprensa, recortes de jornal, psicografias, áudios, desenhos etc…num trabalho vivo que está sendo desenvolvido e disponibilizado pelo Círculo. 

A cada semana estamos contando um pouco de tudo que vamos descobrindo juntos no Acervo. 

Leia também:

Artigos relacionados

Respostas