fbpx

O que é Meditação Guiada?

Utilizando o poder da imaginação, a mente do praticante é conduzida a certos estados e sentimentos.

Agora que vimos o que é Sintonia (no conceito do Círculo) e um pouco sobre a origem milenar da meditação, vamos entender um termo muito utilizado e praticado, em especial no mundo ocidental: a meditação guiada. Se temos centenas de técnicas de meditação no mundo, pode-se dizer que temos milhares de meditações guiadas disponíveis na internet.   

Por definição, meditação guiada é um exercício que orienta a um relaxamento do corpo e mente, facilitando o caminho ao estado meditativo. Uma meditação guiada pode ser conduzida por voz, música e/ou mantras.

Assim como muitas técnicas, a meditação guiada normalmente é feita em uma postura corporal confortável, mas que, de preferência, a coluna esteja alinhada (reta), facilitando o fluxo de energia nos principais chakras do corpo. Pode ser com as pernas cruzadas, em lótus, com as costas encostadas na parede ou cadeira. Também existem meditações guiadas em que a pessoa pode fazer deitada ou inclinada, o único risco nesse caso é adormecer antes do final da prática.

A meditação guiada ainda costuma ter um tema ou objetivo, como, por exemplo: meditação para ansiedade, para alinhamento dos chakras, para encontrar seu guia espiritual, para cocriar um objetivo etc… Utilizando o poder da imaginação, a mente do praticante é conduzida a certos estados e sentimentos.

Aqui no Círculo, a meditação guiada é uma ferramenta para os momentos de Sintonia. No nosso YouTube e Spotify temos uma série de meditações temáticas, bem como no curso aberto de Mediunidade com Autonomia, em que o Juliano Pozati conduz meditações relativas ao tema de algumas aulas.

Outros usos interessantes da meditação guiada como ferramenta são:

  • Em conjunto com terapias integrativas ou holísticas – para trazer o paciente para o momento presente ou finalizar um atendimento de forma mais consciente;
  • Em grupos de estudo – para iniciar ou fechar o encontro e conectar as pessoas energeticamente;
  • Em grupos de práticas corporais como yoga, dança etc… – para relaxamento final;
  • Em grupos de trabalho – o ambiente corporativo também já identificou a eficiência das práticas de meditação guiada, utilizando técnicas como o mindfulness (uma das mais difundidas nas empresas), também chamada de atenção plena ou exercícios de visualização criativa;

A tecnologia facilitando a prática

A internet, sem dúvida, é o grande veículo de disseminação da meditação guiada, que pode ser conhecida, praticada e estudada de forma gratuita. Aplicativos como Insight Timer e o Calm reúnem milhares de meditações de todo o mundo, em diversas línguas e objetivos. 

Na Netflix, a Série Headspace Meditação Guiada oferece oito episódios com teoria e prática, a começar pelas pesquisas como a de Sara Lazar, neurocientista do Massachussetts General Hospital e da Harvard Medical School, uma das primeiras cientistas a estudar os benefícios da meditação a elaborar testes com scanner cerebral. Seu primeiro estudo mostrou que oito semanas de prática de mindfulness em um grupo de voluntários provocou mudanças físicas em seus cérebros. 

Siga acompanhando essa nossa pequena série de textos sobre meditação e sintonia.

Leia também:

Nos próximos artigos vamos abordar:

  • Como praticar Sintonia sem dogmas?
  • Ferramentas para a prática da Sintonia

Artigos relacionados

Respostas