Os impactos já alcançam pelo menos três gerações (LAB 06)

Participantes: Alicia, Adriana, Fernanda, Juliana, Juliano, Larissa, Mônica, Rene e Simone
Data:
6 de outubro de 2020

COMUNICAÇÕES

No início do áudio da reunião há uma interferência sonora, um chiado, como se fosse interferência de rádio, na caixa bluetooth de som. Mônica relata que escutou um chiado no seu aparelho auditivo no mesmo momento.* Juliana relata que egrégora estava desenhando nuvem (símbolo típico em nossas comunicações) com a mão dela, também no mesmo momento.


Adriana: Toda vez que nos encontramos no arco-íris com a egrégora, eu vejo como se fosse uma película entre nós, e a gente se toca mão com mão por ela. É a coisa mais linda

Simone: Confirmo.

Mônica: Eu abraço a galera.

Fernanda: Eu também.


Prancheta

Egrégora: Boa noite!

Desenham símbolos típicos em inícios de reuniões: @ e nuvem

Alicia: A prancheta se comunica por emojis! (risos)

Egrégora: ha ha! (desenham uma carinha sorrindo)


Rene: Eu gostei muito da última reunião, obviamente da questão de compartilhar a psicofonia no final, mas também do General falando das quatro fases da sintonia, que são: sintonia, conexão, comunicação e exoconsciência, e eu gostaria de saber se podemos discutir essas coisas com os outros membros e elaborar mais sobre isso, pois achei interessante o esquema.

Egrégora: Sempre elucidativo.

Alicia: Quem está presente hoje?

Egrégora: Muitos estagiários novos e a turma da pesada: Otto, Fran, Olívia e o pai mentor de todos, General.

Simone: Parece que cada reunião está com uma frequência diferente uma da outra. Faz sentido isso? É teste ou depende do objetivo para o dia?

Egrégora: Em cada reunião, vocês também estão diferentes. Isso é o Princípio de Correspondência.

Alicia: Foram vocês que fizeram a interferência na caixinha de bluetooth no começo da sessão?

Egrégora: Tentativas. Queríamos, hoje, dar um salto um pouco maior nos experimentos.

Alicia: Que salto? Que experimento? Que parte dos experimentos?

Egrégora: Interferências sonoras e também manipulação da energia que se apresenta como matéria.

Alicia: E o que vocês acham se ficarmos aqui no “confirmo” da prancheta? Eu sei que preferem psicofonia, mas já temos o costume da prancheta.

Egrégora: Vocês precisam estar no círculo energético para potencializar a energia presente.

Alicia: Existe alguma disposição mental que possamos focar para que ajude? Ou mesmo com as conversas está tudo bem, não interfere? Existe alguma visualização para fazer?


Montagne (psicofonia Juliano): What our team is trying to do is to create new ways to establish the communication and of course, we’ve already established a very good way to talk through the board but now, by interfering in the sound box, what we are trying to create is to send to your dimension our bluetooth signal, and our team believe that it will be possible to produce direct voice using the sound box. Of course that sometimes it will be possible to encode sound voices in the recording files that are being created on the recorder. And we have to establish and to pay attention during the transcriptions because sometimes it will sound like a noise, like a magnetic noise. Sometimes like a missed station on the radio. And then, once you localize the timecode of the occurrence you have to sinalize and then the team could elevate the volume and treat the specific pack of the sound to pick up the voice and the message.

We are not able right now to tell you precisely the time code that will be able to encode the message but we are uniting all our strengths to do that.

Tradução: O que nossa equipe está tentando fazer é criar novas maneiras de estabelecer a comunicação e, é claro, já estabelecemos uma maneira muito boa de falar através da prancheta, mas agora, ao interferir na caixa de som, o que estamos tentando criar é enviar para sua dimensão nosso sinal Bluetooth, e nossa equipe acredita que será possível produzir voz direta usando a caixa de som. É claro que às vezes será possível codificar vozes sonoras nos arquivos de gravação que estão sendo criados no gravador. E temos que estabelecer e prestar atenção durante as transcrições porque às vezes soará como um ruído, como um ruído magnético. Às vezes, como uma estação perdida no rádio. E então, uma vez localizado o código de tempo da ocorrência, você tem que sinalizar e então a equipe poderia elevar o volume e tratar o pacote específico do som para captar a voz e a mensagem.

Não somos capazes, agora, de dizer com precisão o código de tempo que será capaz de codificar a mensagem, mas estamos unindo todos os nossos pontos fortes para fazer isso.

Simone: Is there any encoded message on the past transcriptions that we should review?

Tradução: Há alguma mensagem codificada nas transcrições passadas que deveríamos rever?

Montagne: No. We tried before but since last meeting we started to find the precise frequency of the bluetooth signal and the electromagnetic field of the microphone. We tried before in January with success but now we are trying to encode longer phrases.

Tradução: Não. Tentamos antes, mas desde a última reunião começamos a encontrar a frequência precisa do sinal do Bluetooth do campo eletromagnético do microfone. Tentamos antes em janeiro com sucesso, mas agora estamos tentando codificar frases mais longas.

Juliana: I’m wondering if the bluetooth signal of the cell phone is okay or we should try to put a cable in the box.

Tradução: Estou me perguntando se o sinal bluetooth do telefone celular está bom ou devemos tentar colocar um cabo na caixa.

Montagne: In the very first moment we thought that it could be an interference of the bluetooth signal from the iPhone but now we realize that using the blend of energies from you and from the group – using also the energies that are being apported at the meeting by Judith – that we could use this signal and kind of hack it to encode our message. So it is being useful now for us.

Tradução: No primeiro momento pensamos que poderia ser uma interferência do sinal Bluetooth do iPhone, mas agora percebemos que usando a mistura de energias de vocês e do grupo – usando também as energias que estão sendo utilizadas na reunião por Judith – poderíamos usar esse sinal e meio de hackeá-lo para codificar nossa mensagem. Portanto, ela está sendo útil agora para nós.

Larissa: You mean that you tried in January by that message that Juliano captured saying that he should use the office for these meetings?

Tradução: Você quer dizer que você tentou em janeiro com aquela mensagem que Juliano captou dizendo que ele deveria usar o escritório para essas reuniões?

Montagne: Yes, precisely. It was important, at that time, to show ourselves to support him in all the emotional storm we’ve all lived. But now we are really dedicated to establishing a technical way to produce it and by hacking the signal from the cell phone to the bluetooth box, we will be able to answer questions directly to you.

Tradução: Sim, exatamente. Era importante, naquela época, mostrar-nos para apoiá-lo em toda a tempestade emocional que todos nós vivemos. Mas agora estamos realmente dedicados a estabelecer uma forma técnica de produzi-lo e, ao invadir o sinal do telefone celular para a caixa de bluetooth, seremos capazes de responder diretamente a você.

Rene: So it is the sound produced by three energies: from the cell phone, from Judith and from the bluetooth?

Tradução: Então é o som produzido por três energias (do telefone celular, da Judith e do Bluetooth)?

Montagne: The bluetooth is just the way. It is like the way the river runs. The energy we are blending is our from ourselves, yourselves and Nature’s energy that we are picking up from the Japi mountains here.

Tradução: O bluetooth é apenas o caminho. É a maneira como o rio corre. A energia que estamos misturando é nossa, de vocês mesmos e da natureza que estamos captando aqui das montanhas do Japão.

Rene: Teluric.

Tradução: Telúrica.

Montagne: Teluric. Towers of energy. We use to call it columns of energy and they really look like columns.

Tradução: Telúrica. Torres de energia. Costumamos chamá-la de colunas de energia e elas realmente se parecem com colunas.

Simone: Is there any frequency or vibration that we should produce, like with Star Language or just talking that would be helping you to manipulate the phenomenon?

Tradução: Existe alguma frequência ou vibração que deveríamos produzir, como com o Star Language ou apenas falar que ajudaria vocês a manipular o fenômeno?

Montagne: StarLanguage is always useful because it is an organic vibration that resounds in all this place and in all the dimensions of this place. You could not really imagine how beautiful it is when you start to sing with all your hearts. It resounds in all the dimensions of this place. It affects all the dimensions of your bodies. So it is always helpful but actually we are not using the Star Language vibration, we are using your personal energy. So, with the vibration of Star Language you elevate your personal energy and then we blend it, we mix it. Of course, a better blend will produce a better phenomenon.

Tradução: O StarLanguage é sempre útil porque é uma vibração orgânica que ressoa em todo este lugar e em todas as dimensões deste lugar. Vocês não podem imaginar como é bonito quando começam a cantar com todo o seu coração. Ela ressoa em todas as dimensões deste lugar. Afeta todas as dimensões de seus corpos. Portanto, é sempre útil, mas na verdade não estamos usando a vibração do Star Language, estamos usando sua energia pessoal. Assim, com a vibração do Star Language vocês elevam sua energia pessoal e então nós a misturamos. É claro, uma mistura melhor produzirá um fenômeno melhor.

Rene: É o clássico da materialização.

Adriana: Sim, os três tipos de energia, né.

Simone: É o que eles chamam de energia criativa.

Rene: So we will be able to perceive the quality of the voice so we can recognize which one of you is speaking?

Tradução: Então seremos capazes de perceber a qualidade da voz para que possamos reconhecer qual de vocês está falando?

Montagne (psicofonia Juliano):: I was discussing these questions with Joseph because we need first establish communication. So we will focus on the voice, on the quality of the sound for you guys to understand what we are saying, and then we will be able, with time, to develop the different levels of voices.

Tradução: Eu estava conversando sobre estas questões com Joseph porque precisamos primeiro estabelecer a comunicação. Portanto, vamos nos concentrar na voz, na qualidade do som para que vocês entendam o que estamos dizendo, e então poderemos, com o tempo, desenvolver os diferentes níveis de vozes.

Simone: Is it Montagne speaking?

Tradução: É Montagne falando?

Montagne (psicofonia Juliano): Yes. I find it really difficult to express myself because, you know, I am a british gentleman trying to communicate with this Tupi-Guarani english (risos).

But the pressure of the energy to the… I know, I’m well aware that the pressure on the top of the head of the medium is really intense today because of the movement. You know, we are working here with physical mediumship so it affects, sometimes it could hurt actually.

I extremely recommend you to talk about the first noises on the soundbox with Robin in the next section with him on Zoom. I’m very sure he will be really happy to hear it from this group about it. Because, I don’t know for sure but maybe 22 or 23 years ago he had the same experience, and he will be able to confirm you. Because, you know, you are hard stuff. You need to learn the power of belief, the power of mind – I mean the power of this crystal clear trusting modes on your minds and perhaps a thousand ‘confirms’ from Robin will help you. Isn’t it that? The #confirm? (risos).

Tradução: Sim. Acho muito difícil me expressar porque, sabe, sou um cavalheiro britânico tentando me comunicar com este inglês tupi-guarani (risos).
Mas a pressão da energia para o… E eu sei, estou bem ciente de que a pressão no topo da cabeça do médium é realmente intensa hoje por causa do movimento. Sabe, estamos trabalhando aqui com mediunidade física, então afeta, às vezes, pode doer, inclusive.

Eu recomendo fortemente que você fale sobre os primeiros ruídos na caixa de som com Robin na próxima seção com ele no Zoom. Tenho certeza que ele ficará muito feliz em ser ouvido neste grupo. Porque, não tenho certeza, mas talvez 22 ou 23 anos atrás ele teve a mesma experiência, e ele será capaz de confirmá-la. Porque, você sabe, você não é fácil. Você precisa aprender o poder da crença, o poder da mente – quero dizer, o poder deste modo de confiança cristalina em suas mentes e talvez mil “confirmações” de Robin o ajudarão. Não é isso? #confirmo? (risos).

Juliana: I was wondering if the team has some prediction regarding how long it is gonna take to produce these direct voices on the soundbox?

Tradução: Eu estava pensando se a equipe tem alguma previsão sobre quanto tempo vai levar para produzir essas vozes diretas na caixa de som?

Montagne: We are advancing forward and as far as I know the plans are to advance 10 years in 1. You know, the very specific fact that you heard noises today, it should be considered a great advance. But I am pretty sure you are not satisfied, which is really interesting because it demonstrates how this generation is different from Robin’s generation. Robin waited something like 15 years for the first objective phenomenon and here we are talking about what? 4 or 5 dates? You are always connected with deadlines, deadlines, deadlines… when, when, when…

I am sure that, according to our expectations and the plans, this year will advance really fast.

Tradução: Estamos avançando e, tanto quanto sei, os planos são de avançar dez anos em um. O fato muito específico de ter ouvido ruídos hoje, deve ser considerado um grande avanço. Mas tenho certeza de que você não está satisfeito, o que é realmente interessante porque demonstra como esta geração é diferente da geração de Robin. Robin esperou algo como 15 anos para o primeiro fenômeno objetivo e aqui estamos falando de quê? 4 ou 5 encontros? Você está sempre ligado a prazos, prazos, prazos… quando, quando, quando…
Estou certo de que, de acordo com nossas expectativas e os planos, este ano avançará muito rápido.

Rene: I think that sometimes we are so sure and we live so much this experience, this communication, and sometimes perhaps it seems that we don’t give it credit. But I think that it is because we believe so much in this cause that sometimes we just get ahead of ourselves and do some missteps.

Also I think that it is cool to see that a little interference can be noted, like Juliano noted that one on the audio. And today we can just pass by and notice easily. We capture it, so it makes it look like it is connected with our perception, since we could hear the interference and this is great.

Tradução: Acho que às vezes temos tanta certeza e vivemos tanto esta experiência, esta comunicação, e às vezes talvez pareça que não lhe damos crédito. Mas acho que é porque acreditamos tanto nesta causa que às vezes nos antecipamos e fazemos alguns deslizes.

Também acho que é legal ver que uma pequena interferência pode ser notada, como Juliano notou naquele áudio. E hoje nós podemos simplesmente passar e notar facilmente. Nós a captamos, então ela faz parecer que está conectada com nossa percepção, já que pudemos ouvir a interferência e isso é ótimo.

Montagne: Indeed. It is good to share with you that we are working under a kind of ethical code here in our dimension with our spiritual team. We have to take care, and we are responsible for any impact in your psychological dimension. And we have to build together a safe place and a safe atmosphere to realize this phenomenon.

When you ask us about when, we look into your feelings, emotions and psychological dimensions and we ask the same: “when?”. So it has to be an encounter between your intentions, disposition and will for change. Because I can guarantee my fellows, it will change you. I am warning you, be prepared because it will change you and it is a life time changing.

Tradução: De fato. É bom compartilhar com vocês que estamos trabalhando sob uma espécie de código ético aqui em nossa dimensão com nossa equipe espiritual. Temos que tomar cuidado, e somos responsáveis por qualquer impacto em sua dimensão psicológica. E temos que construir juntos um lugar seguro e uma atmosfera segura para realizar este fenômeno.

Quando você nos pergunta sobre quando, nós olhamos seus sentimentos, emoções e dimensões psicológicas e perguntamos o mesmo: “quando?”. Portanto, tem que ser um encontro entre suas intenções, disposição e vontade de mudança. Porque eu posso garantir aos meus companheiros, isso irá mudá-los. Estou lhes avisando, estejam preparados porque isso os mudará e é uma mudança de vida.

Larissa: Eu estava hoje falando com a Alicia sobre a transcrição da entrevista de Alicante, e comecei a revisar porque o texto não estava final ainda, e eu parei exatamente nessa parte que o Robin fala que eles atualmente, com a egrégora deles, estão tentando parar a música no meio. Eles estão nessa fase. Então, na hora que veio a interferência aqui, me veio imediatamente esse trecho à mente.


Alicia: Fefa, uma coisa que me veio à cabeça é que devemos disponibilizar para esta equipe os vídeos do Euvaldo que estão lá. E a gente podia assistir.

Rene: Tem outros vídeos? Como assim?

Alicia: Tem um curso dele.

Simone: O Rene é tipo o viciado do conhecimento, até treme! (risos)

Alicia: Principalmente para a Simone e a Larissa, porque se vocês tiverem o conhecimento de como reconhecer (as interferências de áudio), vai ser muito mais fácil.


Grupo discute sobre abrir a informação do Lab para os alunos comentando que o aprendizado que é compartilhado ali, é permitido. Mas, ainda manter em sigilo que estamos reproduzindo a experimentação. Compartilhar o conteúdo filosoficamente ok, porém manter sigilo sobre a fonte da informação ser no Lab. Contar do Lab especificamente, somente quando experienciarmos e entendermos um pouco melhor a dinâmica.

Rene: Sim, mas eu me pergunto quando poderemos compartilhar com os grupos de trabalho, entendeu?

Egrégora (via escrita na mesa): Rene, ficar no presente.

Juliana: Rene, pode repetir a pergunta sobre os alunos?

Rene: A gente que está com os círculos de trabalho, começa a pipocar de tudo quanto é lado o assunto. Você começa a reunião sem falar disso com ninguém e de repente o pessoal começa “sonhei com isso, sonhei que alguém me convidou para um encontro” e tudo está conectado com isso aqui, entendeu? E você tem que ficar, tipo “uhum, legal. Trabalha isso aí, vai nessa”.

Alicia: Rene, faz a egípcia! (risos)

Egrégora (Lorena, via psicofonia Juliana): Quando vocês forem capazes de lidar com esta reunião com o pé nas costas, vocês poderão repassar para outros alunos, mas enquanto forem aprendizes, não poderão ser professores. Então, Rene, quando você não tiver mais tantas dúvidas, quando não tiver mais tanta insegurança, e quando tiver absoluta certeza, não só do que crê, pois tenho certeza que você crê e não tem dúvida do experimento, mas você tem dúvida sobre você. O que terão que ensinar, primariamente, é as pessoas a não terem dúvidas sobre si mesmas, porque nenhum experimento será possível quando as pessoas têm dúvidas. Porque nós estamos do lado de cá, e vocês precisam estar preparados do lado daí. Então, fiquem tranquilos porque tudo ocorrerá no momento certo. Quanto aos outros alunos que tiverem confirmações, absorva isso. Escute, registre. O registro é sempre algo muito interessante, para que possam confirmar mais à frente.

Simone: Podemos colocar nos relatórios, né? Essas sincronicidades que chegam através dos alunos.

Lorena: Então, para passarem esse experimento para frente, vai demorar um bom tempo. Então, foquem nesse momento – nos próximos meses, quem sabe nos próximos anos – não quero criar expectativas. Você precisa focar no presente, isso é, neste momento aqui, neste grupo aqui. E, quando ele estiver andando perfeitamente, aí sim falar porque, entenda, a equipe espiritual também está ainda aprendendo. Por isso que são tantos estagiários, tantos colaboradores, tantos querendo falar pela prancheta, todos querendo vir aqui falar com vocês, pois é um aprendizado aqui também. Há muitas pessoas que nunca vivenciaram isso. Quantas pessoas desencarnam e não conhecem nada disso. Só depois, aqui, que aprendem. Eu peço que nos deem a oportunidade de também testar e aprender porque muitos são os chamados e poucos os escolhidos, e nós também estamos tentando ser os escolhidos, e para isso contamos com vocês.

General (via psicofonia Juliano): Agora, é bom que se diga que todo o registro deve ser feito e é importante que se entenda a dinâmica nesse momento. Antes de começar a falação e de dar os detalhes de nossos experimentos, que se perceba a dinâmica de nossa equipe lhes trazendo as confirmações necessárias para que desenvolva essa confiança. É óbvio que isso vai pipocar na sua frente, pois que às vezes temos que esfregar no nariz do sujeito certas evidências para que deixe de teimosia, então isso vai acontecer e é importante que tudo isso seja concentrado na nossa redatora para que a cada reunião vocês percebam que existe uma reverberação das informações. Também, é uma coisa muito bonita de se ver como nossos alunos, à medida que desenvolvem a sua jornada no Círculo, começam a entrar em sintonia com nosso pessoal aqui. E isso todos vocês tiveram, desde os bambolês de braço da Simone, a apaixonada jornada da Mônica, as aventuras de Rene e Larissa e todos vocês, do norte ao sul da Argentina, todos foram sendo tocados de alguma forma. Eu não quero desapontar o Marketing, mas nessa época não eram nem criativos, mas ativos energética e espiritualmente, que moviam e ainda movem as pessoas.

Vocês sabem disso, da quantidade de pessoas que a nossa equipe têm persuadido através dos sonhos, e vocês precisam entender que na história de vida de tantas pessoas, essa escola já tem um papel fundamental, já existe mesmo uma série de alinhamentos de capítulos e de episódios de vida que estão sendo planejados e reorientados para passarem pelo Círculo, para se abastecerem no Círculo, se equiparem no Círculo e seguirem. Se eu pudesse lhes dizer, é como mil linhas diferentes de transmissão que passam por uma única estação de energia e depois segue distribuindo eletricidade para todos os cantos. Essas linhas se reúnem neste dínamo gerador de força e, então, seguem os seus caminhos carregando sempre a energia da qual ficaram totalmente abastecidas.

Hoje, já é difícil para a maioria dos companheiros que atuam no projeto do Círculo aqui do nosso lado, dizer as consequências do trabalho do Círculo a partir das vidas que são transformadas pela experiência do saber. Mas, eu lhes digo que os impactos que estamos conseguindo gerar juntos já alcançam pelo menos três gerações diferentes. Nós somos um sinalzinho histórico do reino do nosso mestre, mas como sinalzinho histórico de nosso mestre, já somos uma bela de uma pedra no sapato de todos aqueles que tentam impedir a elevação deste planeta a categorias mais elevadas de vibração. Já somos uma pedra no sapato e seremos uma rocha ainda maior.

Agora, vocês precisam vir mais preparados para essa reunião. Vir com sentimentos mais purificados, com a mente mais limpa, com a sinceridade no peito mais rasgada, mais sensíveis, dóceis ao mover de nossa equipe espiritual. Precisam encontrar, nessa reunião, uma fonte de cura interior, de reorganização dos pensamentos, dos arquétipos, de toda a percepção psicológica e emocional da realidade. E se eu pudesse dizer ainda mais, também é igualmente importante que venham racionalmente preparados. Não tragam apenas duas perguntas no bolso não, porque já somos capazes, através da psicofonia, de lhes dar algumas comprovações cabais. Ponham à prova, sejam ousados. E, se houver dúvida, faremos quicar a mesma resposta no plano mental de quatro ou cinco ao mesmo tempo, sacudindo.

Essa é a grande oportunidade de intercâmbio e vocês ainda ficam aí perguntando sobre barulhinho de rádio! Comecem a comprovar agora, sejam ousados agora! Perguntem sobre química, física, quântica, medicina, perguntem o que quiserem porque o intercâmbio é real, e assim vamos afinando as comunicações. Agora, isso tem o preço, o preço da sintonia. A sintonia usa como base as vias do sentir, por isso estamos propondo e reforçando a importância das jornadas de cura interior, dos ciclos de cura interior, para que sejam capazes de desabrochar.

Alicia: Marketing também, ou só medicina e física? (risos)

Simone: Eu estava lendo o seu livro de Parapsicologia, General, e fiquei me perguntando. Há toda essa teoria cognitiva atualmente, se teria uma teoria aí de vocês como se fosse metacognitiva, hiper cognitiva, que não se contém no espaço tempo, mas que possamos de alguma forma acessar e integrar nessa cognição mental aqui, nossa.

Juliano: Já tinha ouvido a pergunta toda.

Alicia: Senti um fechamento.

Barulho de furadeira

Juliano: Os caras vazam antes do barulho! (risos)


Olívia (via psicofonia Juliana): Oi, queridíssimos!

Não queria terminar a sessão sem antes falar com vocês e dizer que estou muito feliz que estejam aqui, dedicados, e que mesmo com os tropeços vocês se levantam e seguem. É muito lindo ver o florescimento de cada um de vocês. Visito sempre cada um de vocês, me regozijo com suas alegrias e choro aos seus lados com as dificuldades. Saibam que são muito amados e cuidados e lembrem também de sempre amar e cuidar muito uns dos outros. Isso é, acima de tudo, o mais importante de nossa existência: amar.

Quando houver dúvida e medo, lembrem desse amor incondicional, crístico, que vem de dentro e se expande para fora como um sol radiante que incendeia e encandeia cada lugar como uma vela na escuridão.

Não se deixem abater pelas dificuldades, elas sempre vão existir. Sigam sempre em frente e com amor no coração e confiança de que o melhor ainda está por vir.


Alicia conduz o exercício de cura para o grupo e vibração pela Jornada de Autocura (que o Círculo promoveu para os alunos de 22 a 24/10/2020)

Juliana encerra a reunião com agradecimentos

Artigos relacionados

Respostas