fbpx

Prancheta é para principiantes! (Reunião 2)

Participantes: Priscila e Juliano
Data: 4 de setembro de 2017

Comunicações

[A prancheta escreve o nome Letícia na mesa.]

Juliano: Com quem você está ligada? Conectada?
Letícia: Sou amiga da Priscila da Inglaterra.
Juliano: De agora? Deste momento?
Letícia: De outra vida.
Juliano: Obrigada pela amizade que nutre desde então.
Priscila: Obrigada pela amizade, apesar de não lembrar conscientemente desta outra vida.


Joseph Lindemberg: Muito obrigado por terem passado o recado para o Euvaldo.
Juliano: Obrigado Joseph! Nós que agradecemos pela confiança e pela confirmação que foi para nós.
Joseph Lindemberg: Mérito.
Priscila: O Euvaldo ficou muito feliz também com a resposta para os questionamentos dele. É muito importante.
Joseph Lindemberg: O Euvaldo é um cientista do Mundo Maior. Estamos depositando muitas coisas no trabalho dele e é muito importante que vocês estejam próximos.
Juliano: A gente não vê a hora de ele vir aqui jantar. Tentar combinar um dia que ele estivesse aqui para que você falar diretamente com ele. O trabalho dele é muito solitário. Sempre que precisar socorrê-lo, a gente faz muita questão! É uma pessoa que a gente gosta muito.


Juliano: Você foi a primeira a nos falar do processo do Círculo.
Olivia: Estou responsável pela sintonia entre os Tutores que estão vindo, bem como pela condução da construção do programa pedagógico do Círculo.
Juliano: Então você é a “chefona”?
Olivia: Este conceito não cabe! Sou apenas a ponta de contato com vocês. Mas muita gente deste lado está trabalhando por isso. É um formato colaborativo comunitário.
Juliano: O que poderíamos fazer para melhorar de nossa parte? Pode nos apontar melhorias sobre o Módulo Fundamental?
Olivia: Sobre o Módulo Fundamental o General tratará direto com você.
Juliano: Estou com saudades de falar com o General pela prancheta.
Olivia: Desde a equipagem da pirâmide, o General falará com você somente por via telepática e não mais pela prancheta.

[Prancheta começa a se mover em círculos de forma involuntária. Forte sentimento da presença do General conosco. Ele começa a comunicação telepática com o Juliano.]

General Uchôa: Prancheta é para principiantes! (risos)

[Juliano comenta com o General que está preocupado com o Paulo e a Regina. Indaga sobre quando poderia ser a conversa deles com Liane, a neta recém desencarnada]

General Uchôa: Minha neta é uma moça muito valente! Ela já está pronta há algum tempo. Estamos aguardando o momento oportuno com o Paulo. Há uma confluência de eventos que estão sendo alinhados para que a data surja. Provavelmente em outubro, talvez mais adiante.


Élida: Meus queridos, eu amo muito vocês! Estou feliz porque agora, mais do que nunca, por conta do projeto, teremos a oportunidade de falar e estar mais próximos. Estou sempre na casa de vocês, no nosso lar. Vocês não tem ideia do tamanho deste projeto. Mesmo para nós, é difícil prever onde ele chegará!
Juliano: Élida, então nós temos um problema. Estou confiando que vocês sabem para onde estamos indo, agora você me diz que não sabe onde o projeto chegará? (risos). Você não conhece o projeto todo?
Élida: Não. O projeto do Círculo vem de esferas superiores. Quem transita livremente entre o nosso plano e essas esferas é o nosso amigo General. É ele quem está à frente disso e responde diretamente a esse plano. Nem nós, que estamos trabalhando na esfera imediata à de vocês, temos completa noção do tamanho do projeto.


Vó Cila: Onde estou tem um jardim de rosas muito grande. Toda vez que eu os visito, passo por lá e apanho uma meia dúzia para lhes perfumar a alma.
Priscila: Vó, a senhora já encontrou o tio Márcio e o Vinícius?
Vó Cila: O Márcio sim, já encontrei e ele está bem. O Vinícius ainda não foi possível, pois o estado dele demanda mais cuidados. Sugiro que vocês mantenham orações e vibrações porque, no lugar onde ele está, as orações funcionam como uma espécie de soro no tratamento.

[Oramos pelo Vinícius]

Juliano: Dona Cila, a senhora quer falar alguma coisa para a Dona Ieda? O rosto dela surge na minha tela mental.
Vó Cila: Diga à Ieda que tenho orgulho de todos os filhos que criei, mas ela especificamente é como uma rosa formosa, uma mulher forte, uma mãe exemplar, e que eu tenho orgulho pela mulher que ela se tornou. E manda um abraço ao sortudo do Roberto. [Risos*]
Priscila: Vó, você vê que o João Pedro sempre fala da senhora nas orações?
Vó Cila: O João é um menino de ouro… a pequena também.


Comentários

  • Quando fizermos constar [Risos*] é porque após a fala, a prancheta se movimentou rapidamente para cima e para baixo. É um sinal combinado para sabermos quando estão #rindoalto do lado de lá.
  • O General comenta sobre a disposição espiritual de sua neta, após o desencarne. Os pequenos recados foram posteriormente confirmados pelo General Paulo e conversa particular.
  • Chamamos a atenção para o comentário da Élida sobre o projeto do Círculo, que muito nos surpreendeu e confortou.
  • Vale também a pena destacar o testemunho de Dona Cila quanto ao poder da oração, na condição de intercâmbio mental entre realidades.

Artigos relacionados

Respostas

  1. Estou lendo todos os dias este Diario Espiritual antes de começar a estudar.
    Hoje, lendo a parte em que Juliano recebe uma mensagem telepática do General Uchôa, logo que terminei intuitivamente pensei “nossa que legal” e logo enseguida recebi a minha primeira mensagem telepática de minha querida mãe! 🙂 ainda estou em transe!
    Foi uma experiencia incrível.
    Gratidão ao Circulo, a toda esfera física e espiritual por nos permitir 🙂